Documentos essenciais para a empresa

Alvará de Funcionamento, AVCB e CMVS são apenas algumas das certificações obrigatórias.

O ato de abrir uma empresa vai muito além da boa vontade do empreendedor e de suas boas ideias, afinal, essa ação deve ter um planejamento amplo, bem como o conhecimento de leis e documentos que são obrigatórios para o bom funcionamento do negócio.

Nesse aspecto, antes de iniciar qualquer tipo de negócio é preciso saber que a lista de documentos necessários é grande. Além do CNPJ, contrato social e demais processos, o empresário deve evitar multas e demais imprevistos que tendem a atrapalhar o progresso e o sucesso da empresa. Isso só é possível com a emissão de certificações essenciais para o pleno funcionamento do negócio.

Diante de uma fiscalização dos agentes ficais dos órgãos públicos competentes, o empreendedor precisa ter em mãos o Alvará de Funcionamento e o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros). Dependendo do CNAE da empresa, há outros documentos obrigatórios como o registro da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o CMVS (Cadastro Municipal de Vigilância em Saúde), a licença ambiental concedida pela Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) e demais certificações complementares.

O processo de regulamentação empresarial gera inúmeras dúvidas ao empresário. Geralmente, o empreendedor se sente perdido quando autuado e não sabe, ao certo, por onde começar. Para ajudar nessa quesito, explicaremos a seguir o que é, e para que serve alguns desses cadastros, registros e documentos essenciais para o negócio. Acompanhe.

Alvará de Funcionamento – Toda empresa, antes de iniciar as suas atividades, precisa desse documento. No entanto, é necessário entender que há uma diferença entre Alvará e Licença de Funcionamento.

O primeiro é obrigatório em imóveis onde a lotação é acima de 250 pessoas. Já o segundo restringe-se a locais onde a concentração de indivíduos é de até 249 cidadãos.

Além disso, eles se dividem em Definitivo (Quando o imóvel está regular na Prefeitura) e Condicionado (Quando ainda faltam documentações que regularizam o local na Prefeitura).

AVCB – Essa certificação é emitida pelo Corpo de Bombeiros da Polícia Militar de São Paulo e é um comprovante de que o local passou por uma vistoria e, portanto, está de acordo com as normas de segurança contra incêndios.

O documento é fundamental para as empresas, pois, caso ocorra algum incêndio ele será cobrado pela seguradora e, na sua falta, a mesma poderá se recusar a pagar os danos causados pelo sinistro.

CMVS – Esse cadastro é obrigatório em empresas que trabalham com equipamentos e segmentos que visam a saúde pública. Geralmente, estabelecimentos que atuam com alimentação, cosméticos, medicamentos e demais atividades nesse segmento, vai precisar do CMVS.

O CNAE da empresa é que vai determinar a obrigatoriedade desse cadastro.

Na página da Register Corporation do Brasil há mais informações a respeito das documentações necessárias para o seu negócio. A empresa é uma instituição privada que auxilia empresários a regulamentarem suas atividades.

 

Crédito da foto: Freepik.com

Matéria: Ana Paula Rego/Wintime

Regulamentar a empresa evita penalidades

A Register conversa, diariamente, com cerca de 30 empresários que precisam, urgentemente, de documentações essenciais para o funcionamento do seu negócio

Você já imaginou ter a sua empresa (construída com tanto esforço e dedicação), fechada por falta de regulamentação? Atualmente, essa é a situação de milhares de empresários que tiveram os seus estabelecimentos multados, e lacrados, por não possuir os documentos necessários para o pleno funcionamento de suas atividades.

A falta de Alvará de Funcionamento, AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), CMVS (Cadastro Municipal de Vigilância em Saúde), entre outros documentos importantes tem gerado autuações pesadas aos empreendedores que, quando recebem a visita dos agentes fiscais, recorrem as empresas privadas de regulamentação com o intuito de ter a sua situação resolvida com agilidade e, também, com o auxílio de profissionais experientes no segmento.

A Register, por exemplo, conversa diariamente com cerca de 30 empresários que precisam normatizar os seus negócios e, por isso, entram em contato (ou são contatados pelo departamento de vendas internas da empresa), para tirar dúvidas e/ou contratar os serviços da companhia.

De acordo com Weberton Neiva Damião, supervisor de vendas internas da Register, a maioria das pessoas que ligam para a empresa querem saber sobre os prazos para a emissão dos documentos, afinal, o público é variado e geralmente precisa, com urgência, dessas certificações “Os contatos receptivos são feitos por pessoas que querem regularizar os seus negócios porque já foram notificados pela Prefeitura ou, também, porque desejam fazer parcerias com outras empresas e, por isso, precisam ter a documentação em dia. No entanto também ligo para empresários que já foram multados, para que eles possam regularizar, o quanto antes, o seu negócio com a gente”, explica.

O departamento de vendas internas da Register conta com profissionais altamente qualificados para orientar e oferecer as melhores soluções para os empreendedores, visto que o foco principal da empresa é, sempre, a satisfação do cliente. Assim, é imprescindível compreender o que o cliente deseja para poder ajuda-lo assertivamente “Precisamos entender a necessidade do cliente. Dessa forma, conseguimos captar as suas dúvidas para poder responder de forma rápida e objetiva sobre tudo o que ele questionar. Tentamos, também, negociar valores da melhor forma possível”, ressalta Damião.

 

Foto: Freepik.com

Estratégias digitais da Register visam a informação e a interação dos clientes

Vídeos explicam o que é Alvará de Funcionamento, AVCB, CMVS e registro na Anvisa

A Register Corporation do Brasil vem conquistando cada vez mais espaço no segmento de regulamentação empresarial. Isso é fruto não só do seu profissionalismo e expertise no mercado, mas, também, por suas assertivas estratégias de marketing.

Objetivando, sempre, informar seus clientes sobre a importância de ter uma empresa normatizada, a Register tem trabalhado, pesadamente, com conteúdos explicativos, dispostos em landing pages (páginas especiais que transformam os contatos em clientes em potencial, por meio de informações diferenciadas) sobre Alvará de Funcionamento, AVCB, CMVS e Registro na Anvisa, afinal, esses documentos, bem como o conjunto de outras certificações, são fundamentais para o pleno funcionamento do negócio.

Além dos textos, as pessoas vão poder assistir vídeos elucidativos, e curtos, sobre cada uma dessas certificações.  A Wintime Publicidade é a agência que criou e produziu os pequenos filmes, bem como todas as outras campanhas da Register.

Para Júlio Lima, diretor de marketing da Wintime, todas essas estratégias digitais, pensadas para o seu cliente, são de suma importância para o público, pois as pessoas estão cada vez mais dependentes da internet “O consumidor não quer mais ser convencido e, sim, encantado. Por isso a necessidade de levar informação de qualidade e que esclareçam dúvidas, especificamente, sobre regulamentação empresarial que é algo extremamente burocrático. Essas ferramentas facilitam o entendimento permitindo que o público-alvo da Register encontre rapidamente uma grande oportunidade de solucionar seus problemas por meio da empresa”, explica ele.

Essa semana, já está no ar o vídeo sobre Alvará de Funcionamento. Ele pode ser assistido na landing page da Register que trata sobre o assunto.

Ao optar pelos vídeos, a Register consegue atingir um público maior de empresários “De certa forma quando se fala em regulamentação empresarial, estamos falando de um item um pouco pesado, por isso os vídeos fazem sentido, pois não são apenas filmes autoexplicativos, eles trazem também bastante interatividade”, ressalta Júlio Lima.

Os próximos filmes serão liberados com um prazo de 10 dias entre um e outro. Segundo Lima, essa é uma estratégia “para que cada vídeo tenha um estágio aderente de maturação perante a internet”.

Com as ações de marketing digital que estão sendo desenvolvidas, muitos negócios tendem a ser atraídos por meio da internet, assim, a Register tem como meta crescer cerca de 300% somente no primeiro semestre desse ano.

Muitas outras ações estão sendo pensadas pela agência para auxiliar as pessoas a entenderem a importância da regulamentação empresarial. Até o final do ano, a Register apresentará novas campanhas que auxiliarão empreendedores a deixar a sua empresa regular e, portanto, longe de problemas fiscais “Garanto que estamos apenas no começo, muitas peças estão por vir e as novidades que traremos são simplesmente excitantes”, finaliza Júlio Lima

 

Matéria: Ana Paula Rego /Editora-chefe

Imagem: Diogo Batista / Designer